Leituras: Mulheres

Mulheres by Charles Bukowski

My rating: 4 of 5 stars

Scroll down if you prefer to read in English.


Terminei finalmente o livro do Bukowski..
Não é uma história levezinha, e parece que não se desenvolve em direção nenhuma. É mais uma fotografia de uma parte da vida do Chinaski a da sua luta para funcionar. Ele bebe demais e é promiscuo, como se conseguisse empatar a morte e viver para sempre por dormir com mulheres (muito) mais novas. É um anti-heroi, um canalha, mas tem consciência disso e assume-o.
Mesmo no fim há um olhar rápido sobre a sua humanidade e a sua bondade, o que o traz, afinal, para o nível de um qualquer ser humano.
Apesar de ser um livro de leitura fluída, não é uma história que eu volte a ler.

Gostei.

View all my reviews


Da contracapa:

Escritor marginal e alcoólico inveterado, Henry Chinaski é um sobrevivente. Aos 50 anos, após décadas de biscates mal pagos e sem futuro, a estourar dinheiro com mulheres e copos, a sua carreira como poeta lança-o finalmente para o estrelato. O sucesso inesperado traz consigo um desejo insaciável de recuperar o tempo perdido, de viver o que não viveu. Um ritmo frenético de encontros sexuais e ressacas épicas compõem o retrato de um hedonista incorrigível que procura nas mulheres, não o amor, mas a inspiração.

Romance semi-autobiográfico, Mulheres é um relato brutalmente humano e honesto de noites intoxicadas e mulheres perdidas. No seu registo cru e negro e com uma perspicácia caricatural sobre os relacionamentos humanos, Bukowski recebe-nos no seu quotidiano rocambolesco, onde há sempre mais uma cerveja por abrir e uma mulher para seduzir.

I have just finished reading Bukowski’s book. It’s not a sweet story, and it doesn’t seem to build up to much. It’s more of a slice of Chinaski’s life and his own struggle to function. He drinks too much and he is promiscuous, as if he could stall death and live forever by sleeping with (very) young women. He is an anti-hero, a jerk, but he knows it and owns it. However, towards the end, we witness Chinaski’s human side and compassion, which makes him relatable to any average person

Although the book was an easy read, it is not something I would revisit.

I enjoyed reading it. Women by Charles Bukowski

Leave a Comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.